Wagner se reuniu com ministros do STF antes da decisão pró-Lula

Interlocutores do ex-presidente tiveram encontros com duração de cerca de meia hora com magistrados para discutir o pedido de habeas corpus

0 101

O ex-governador e secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Jaques Wagner (PT), se reuniu com ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), antes do julgamento do habeas corpus pedido pela defesa de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) para evitar a prisão do ex-presidente.

De acordo com o jornal Valor Econômico, além de Wagner, Luiz Marinho e Gilberto Carvalho tiveram encontros com duração de cerca de meia hora, com os magistrados, para discutir o pedido de habeas corpus.

Dos seis ministros que votaram na última quinta-feira (22) a favor da liminar pedida pelo advogado de Lula, que proíbe a prisão do petista pelo menos até 4 de abril, três deles – Dias Toffoli, Ricardo Lewandowski e Gilmar Mendes – conversaram com os interlocutores de Lula.

Os outros três são considerados pelos petistas como magistrados com histórico de ligação com Lula ou com governos do partido (Rosa Weber, Marco Aurélio e Celso de Mello). Os 11 magistrados foram contactados, mas nem todos aceitaram o pedido de conversa, como a presidente da Corte, Cármen Lúcia.

Procurado para comentar os encontros, Jaques Wagner negou à reportagem ter conversado com os ministros. Marinho e Carvalho, no entanto, relataram que o ex-governador da Bahia falou com Gilmar Mendes.

Bahia.ba

Comentários
Loading...