Portal de Notícias de Lauro de Freitas e Região Metropolitana de Salvador Burburinho News

Secretaria Municipal de Comunicação

Vizinhos de universitário morto após assalto reclamam de violência na região

Jovem de 26 anos foi morto após assalto no bairro da Federação

0 80

A rotina de violência na rua Engenheiro Jaime Zaverucha, no Parque São Brás, na Federação, acabou vitimando o estudante Felipe dos Santos Silva, de 26 anos, assassinado após reunir a um assalto por volta das 22h30 desta quinta-feira (9)

O jovem, que era conhecido como Felipe Doss, morava em uma república estudantil naquela rua. Um vizinho que não quis se identificar declarou que o estudante tinha saído para comprar pastel, quando criminosos em um carro Siena prata, os abordou, para tentar roubar o seu celular.

O jovem reagiu tentando se afastar, mas um dos bandidos puxou Felipe pelo cabelo e deu um tiro à queima-roupa na cabeça dele. O jovem recebeu primeiros socorros de um vizinho que trabalha no Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), e ainda foi levado de ambulância ao Hospital Geral do Estado (HGE), na avenida Vasco da Gama, mas acabou falecendo.

Muitas pessoas lamentaram a morte do estudante. Vinícius Alves, coordenador LGBT do Governo da Bahia, que era amigo e dividiu a casa com Felipe, declarou: “Era uma pessoa maravilhosa, trabalhadora e compromissada com o futuro do país”. João Carlos Salles, reitor da UFBA, lamentou: “Querido Felipe Doss, estamos sem palavras, por estarmos agora sem seu riso”. Outros amigos e conhecidos falaram da importância do estudante: “Mais que um companheiro, um grande homem que sempre lutou pelas minorias, em defesa da universidade e das LGBT’s. Estou sem chão”.

Defensor das causas da população LGBT, o estudante era integrante do Diretório Central dos Estudantes (DCE) da Ufba. Em um vídeo de 2015, Felipe faz um convite para o congresso da universidade, que pretendia debater políticas para esta parcela da população:

O corpo de Felipe Doss foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Salvador e será sepultado às 16h desta sexta-feira (10), no cemitério Campo Santo. A Polícia Civil irá investigar o caso.

Moradores da região onde o estudante foi morto relataram ao Jornal A Tarde uma série de crimes que vêm ocorrendo no local. Recentemente um restaurante foi assaltado, resultando um tiroteio num local ao lado Escola Estadual Mário Costa Neto, frequentada por várias crianças e adolescentes.

 

Comentários
Loading...