Vaias, caras feias e muita discussão marcam assinatura de ordem de serviço em Simões Filho

Rui Costa esteve em Simões Filho, na manhã desta segunda-feira (12), para assinatura da ordem de serviço

0 312

O governador da Bahia, Rui Costa esteve em Simões Filho, na manhã desta segunda-feira (12), para assinatura da ordem de serviço que autoriza a implantação da Policlínica Regional, que irá atender toda a metrópole soteropolitana.

Foto: Mapele News

Na oportunidade, o governador autorizou ainda a construção de um Centro de Atendimento Psicossocial (CAPS), bem como entregou ambulâncias e ônibus para o transporte de passageiros em diversos municípios.

Como já era esperado, um intenso embate político marcou a cerimônia. Antes mesmo da chegada do governador, um protesto feito pelos moradores do distrito de Pitanga de Palmares aqueceu os ânimos e provocou confusão.

Foto: Mapele News

De um lado, os assessores do governador, do outro, seguidores do vereador e líder da gestão municipal na Câmara, Orlando de Amadeu, que levantaram faixas e cartazes cobrando do estado “mais segurança” e “cumprimento das promessas”.

Empurrões, palavrões e ofensas pessoais fizeram parte da confusão que acabou causando um clima ainda mais desagradável. Servidores municipais e funcionários do primeiro escalão da prefeitura também se envolveram na discussão.

A chegada do governador foi marcada ainda por um coro de vaias. Muitos eram os pedidos e as indagações entoadas pelo povo, como: Cadê o SAC governador? E a água encanada que ainda não chegou?

Foto: Mapele News

Ao contrário de Rui, o prefeito Diógenes Tolentino foi ovacionado pelo povo, que ao longo da cerimônia manifestou apoio e solidariedade ao seu atual modelo de gestão. Em seu discurso, Dinha disse que, embora seja opositor a Rui, “não poderia deixar de falar que a cidade sofre com centenas de reivindicações que durante décadas deixaram de ser atendidas”.

Antes do discurso oficial Dinha ainda pediu que a população recepcionasse bem o governador e demonstrasse que em Simões Filho existem pessoas de bem, ordeiras e educadas.

Em seu pronunciamento, Rui em diversas vezes foi interrompido por polares e usou a expressão “grito não vence argumento” para justificar que muitos benefícios estão chegando para a região independente da bandeira partidária.

Foto: Mapele News

Antes de concluir o seu pronunciamento, o governador anunciou a finalização da obra do SAC ainda para o primeiro semestre deste ano e uma obra garantida com recursos federais liberados pela ex-presidente Dilma Roussef, no valor de quase 27milhões, para implantação do sistema de água encanada e esgotamento sanitário para todas as comunidades que ainda não dispõem do serviço.

Veja vídeo

Fonte: Mapele News

Comentários
Loading...