Transexual do Psol acusa ex-companheiro de deixa-la tetraplégica

0 501

A militante transexual do Psol Bárbara Trindade, 22 anos, foi vítima de uma tentativa de homicídio, no município de Presidente Dutra. Babi, como é mais conhecida, acusa seu ex-companheiro Domingo Mendes de deixa-la tetraplégica. Apesar de não apresentar aludo que comprove a consequência da agressão, a transexual registrou um boletim de ocorrência na delegacia territorial de Presidente Dutra.

Segundo a vítima, Domingo Mendes convidou Babi para um encontro próximo a Câmara de Vereadores da cidade, por volta das 23hs, e deflagrou dois tiros que atingiram o maxilar e a coluna vertebral. A transexual encontra-se ainda internada na semi-UTI do Hospital Regional de Irecê, em estado grave, aguardando a realização de uma cirurgia para retirar a bala que ficou alojada nas costas.

O acusado está preso na delegacia do município, mas já deu entrada em um pedido de Habeas Corpus.

O PSOL vai entrar com uma ação no Ministério Público e na Procuradoria Geral para solicitar, em caráter de urgência, as medidas jurídicas cabíveis. Para o presidente estadual da sigla na Bahia, Ronaldo Santos, a tentativa de homicídio representa mais um crime de homofobia.  “Infelizmente, esse não é um caso isolado. Todos os dias centenas de companheiras sofrem ataques físicos, psicológicos e emocionais. O PSOL vai judicializar o fato para que Domingo Mendes seja punido de acordo com a Legislação em vigor no país!”, afirma.

 

 

 

Fonte: Bocão News

Comentários
Loading...