Temporal causa grandes estragos em Lauro de Freitas; Prefeitura divulga balanço

Os dados contabilizaram até o momento 15 árvores arrancadas, o desabamento de cinco muros e mais de 20 imóveis destelhados pelos ventos

0 129

A chuva e as fortes rajadas de vento, que chegaram aos 50km/h em Lauro de Freitas nesta segunda (3) resultaram em estragos nas mais diversas localidades do município. Entre alagamentos, árvores arrancadas, quedas de muros e imóveis destelhados, a população sofreu com a força do temporal que atingiu a cidade.

O primeiro balanço divulgado pela Prefeitura de Lauro de Freitas, aponta que as causas da maior parte dos prejuízos foram os fortes ventos e queda de raios. Os dados contabilizaram até o momento 15 árvores arrancadas, o desabamento de cinco muros e mais de 20 imóveis destelhados pelos ventos. A tampa de um reservatório de água foi parar em cima da fiação elétrica, a mais de 12 metros de altura, em Vida Nova. 

Queda de muro

Uma das ocorrências que mais chocou a população laurofreitense nesta última segunda foi a queda do muro do Estádio Municipal do Centro. Os ventos e a chuva derrubaram parte da construção, que caiu em cima de um veículo no final de linha da cidade. Ninguém ficou ferido. Assista ao vídeo abaixo:

Muro do Estádio de Lauro de Freitas desaba durante forte chuva

Posted by Burburinho News on Monday, December 3, 2018

UNIME debaixo d’água

A maior universidade da cidade, a UNIME também sofreu com o temporal. Alunos encaminharam à redação do Burburinho News vídeos mostrando como a unidade ficou após alguns minutos de chuva. Confira abaixo!

Video-alagamento-unime

Destelhamentos

De acordo com a Prefeitura, foram contabilizamos até à tarde 20 destelhamentos de imóveis. Dentre eles, um imóvel que já foi condenado pela Defesa Civil do município, e que ainda não foi desapropriado, localizado na Avenida Luís Tarquinio, que com as chuvas, corre riscos ainda maiores de desabamento. Confira algumas fotos abaixo.

Prédio condenado pela Defesa Civil também foi destelhado com as rajadas de vento. Foto: Reprodução

De acordo com a Prefeitura, equipes das secretarias de Serviços Públicos (SESP) e de Infraestrutura (SEINFRA) estão atuando para minimizar e reparar os danos.

Comentários
Loading...