Portal de Notícias de Lauro de Freitas e Região Metropolitana de Salvador Burburinho News

Servidores protestam durante inauguração no Ernesto Simões

0 6
Governo do Estado

imageServidores estaduais e funcionários terceirizados da área de saúde protestam nesta segunda-feira, 25, em frente ao Hospital Geral Ernesto Simões Filho, no Pau Miúdo, onde o governador Rui Costa inaugura a nova emergência da unidade. Por conta do protesto, Rui Costa teve que entrar pela lateral da instalação, ao invés da porta principal, onde os manifestantes estão concentrados.

De acordo com Gustavo Vieira, presidente do Sindicato de Fisioterapia e Terapia Ocupacional, os servidores estaduais protestam contra a decisão do governo de não conceder reajuste para a categoria esse ano. Já os terceirizados reclamam de recorrentes atrasos salariais.

A manifestação tem participação de funcionários do Ernesto Simões e de outras unidades estaduais, segundo Gustavo Vieira.

O governo reconhece que houve alguns atrasos, mas que foram regularizados em abril. Rui Costa disse que pretende rever os contratos com as terceirizadas para evitar que aconteçam novos atrasos.

“Queremos empresas que cumpram suas obrigações, ou seja, que, ao Estado fazer o pagamento, elas paguem os trabalhadores. A lei diz que se a empresa não apresentar o recolhimento do FGTS, do INSS do mês anterior, o Estado não pode fazer o pagamento do mês vigente. E aí nós criamos esse ciclo vicioso. Por isso, queremos separar o joio do trigo, ou seja, fazer novas licitações e só manter prestando serviço para o Estado aquelas que tenham capacidade organizacional de garantir o recolhimento dos direitos trabalhistas e, portanto, aptas a receber o pagamento do Estado”.

Inauguração

Enquanto os trabalhadores protestam do lado de fora do hospital, a nova emergência é apresentada aos jornalistas e servidores. A instalação dobra a capacidade de atendimento do hospital, passando a ter 35 leitos.

A unidade vai contar com atendimento médico de clínica geral, vascular e traumato-ortopedia.

Com a inauguração, a estrutura improvisada de atendimento em contêineres deixa de existir. A previsão é que os pacientes sejam transferidos para a nova emergência ainda nesta segunda.

Fonte: A Tarde

Comentários
Loading...