Servidores de Lauro de Freitas sA?o obrigados a tomar emprA�stimo com juros abusivos em financeiras

GestA?o anterior do municA�pio encerrou convA?nio com a Caixa EconA?mica e isso vem prejudicando os trabalhadores

0 427

Desde a gestA?o do prefeito MA?rcio Paiva, os servidores municipais de Lauro de Freitas estA?oA�impossibilitados de realizar operaA�A?o de crA�dito consignado com a Caixa EconA?mica Federal, banco conveniado com a prefeitura. ApA?s um suposto esquema de fraude, o banco suspendeu oA�sistema de crA�dito com os servidores contratados e comissionados, mantendo apenas a relaA�A?o com os servidores efetivos.

Milhares de servidores estA?o se sentindo prejudicados com a determinaA�A?o, que jA? ocorre hA? mais de dois anos. Sem poder utilizar a consignaA�A?o com linha de crA�dito que possui juros mais baixos, os trabalhadores de Lauro de Freitas vem sendo obrigadosA�a contratar emprA�stimos em financeiras que cobram juros que ultrapassam 100% do valor adquirido.

Um servidor, que preferiu nA?o se identificar, declarou que, por nA?o poder tomar um emprA�stimo consignado com a Caixa, teve que efetuarA�uma operaA�A?o de crA�dito com a Crefisa, que liberou R$ 4.500,00 para ele. PorA�m, ele deverA? a pagar 12 parcelas de R$A�1.180,00 A� financeira, totalizando R$ 14.160,00. Ou seja, ele paga mais de R$ 9.000,00 em juros.

Procurado pela redaA�A?o do BBNews para dar explicaA�A�es sobre o assunto,A�Ailton FlorA?ncio, secretA?rio da administraA�A?o de Lauro de Freitas, nA?o foi encontrado pela reportagem. A Caixa EconA?mica tambA�m nA?o informou quando irA? retomar o convA?nio com a Prefeitura.

 

Comentários
Loading...