“Se atacar vai ter troco, eu nA?o tenho filho empregado na prefeitura” Diz Elcinho (PR)

0 215

Vereador Elcinho (PR) de Mata de SA?o JoA?o botou a boca no trombone na sessA?o!

Na manhA? de terA�a-feira (23) a sessA?o na CA?mara de Vereadores de Mata de SA?o JoA?o foi praticamente dedicada a votaA�A?o do projeto de lei 011/2017 que trata do plano de cargos e salA?rios na Empresa Municipal de A?guas e Saneamento, criada para municipalizar o sistema de abastecimento de A?gua e tratamento de esgoto de Mata de SA?o JoA?o.

Durante a sessA?o, os debates entre vereadores de situaA�A?o e oposiA�A?o foram acalorados e regados a julgamento de culpa e mudanA�as de opiniA?o.

Discordando do processo de municipalizaA�A?o, os vereadores de oposiA�A?o questionaram a inexistA?ncia do relatA?rio das comissA�es pertinentes justificando o parecer favorA?vel apresentado.
Em dado momento, ao ser atacado diretamente pelos colegas da situaA�A?o, o vereador Elcio Ramayana (PR) sentiu o rompimento do a�?acordo de cavalheirosa�? que segundo ele existia na Casa.

a�?Se atacar vai ter troco, eu nA?o tenho filho empregado na prefeitura para eu sempre votar a favor nA?o, meus assessores nA?o tA?m gratificaA�A?o de 100%, como os seus todos tem. Se for questionado isso que eu estou falando aqui, na prA?xima sessA?o vou trazer os nomes de todos os funcionA?rios que estou dizendo, com os salA?rios onde estA?o lotados e o que fazem e nA?o fazem, porque a maioria nA?o faz (palavrA?o*****) nenhumaa�?- disparou Ramayana contra os vereadores de situaA�A?o.

Em seguida o vereador Pr. Sandro (PRB), que havia questionado Elcio no momento anterior, solicitou que fosse mantido o respeito em relaA�A?o ao vocabulA?rio na Casa.

A populaA�A?o passou a se manifestar e a maioria questionava se existem funcionA?rios na prefeitura ou na CA?mara sendo pagos com gratificaA�A?o, para nA?o fazer nada.

SerA? que familiares de vereadores estA?o pendurados nos cabides da prefeitura? Este questionamento ecoou no salA?o nobre da CA?mara de Vereadores de Mata de SA?o JoA?o.

OuA�a o A?udio:

 

Fonte: Bahia Comenta

Comentários
Loading...