Robinho é condenado a 9 anos de prisão por violência sexual na Itália

Em 2013, jogador teria estuprado jovem albanesa em Milão com mais cinco pessoas. Decisão cabe recurso

0 107

Nesta quinta-feira (23), a Justiça da Itália condenou o atacante Robinho, atualmente no Atlético-MG, a nove anos de prisão. O jogador é acusado de violência sexual no país. De acordo com a imprensa italiana, Robinho teria estuprado uma mulher albanesa, que na época tinha 22 anos, com mais cinco pessoas em uma casa de shows em Milão, quando jogava pelo Milan em 2013.

A decisão cabe recurso e os outros cinco suspeitos também foram acusados pelo crime, segundo a promotoria de justiça. Nenhuma sentença será aplicada até o processo ser concluído.

Robinho já tinha sido acusado de estupro em 2009, quando uma mulher o acusou de tê-la violentado em uma casa noturna na cidade de Leeds, na Inglaterra, quando o atacante atuava no Manchester City. O jogador foi inocentado.

Comentários
Loading...