PM motorista do Uber A� suspeito de estuprar jovem de 17 anos

Crime ocorreu em rua deserta do bairro de Sussuarana no dia 25 de outubro

0 117

A PolA�cia Civil estA? atrA?s de um policial militar que atuava como motorista da Uber que, no A?ltimo dia 25 de outubro, por volta das 18h, teria estuprado e agredido fisicamente uma adolescente de 17 anos durante uma corrida, em uma rua deserta do bairro de Sussuarana, em Salvador.

De acordo com o Jornal A Tarde, a jovem estava na casa do namorado e pediu uma corrida pela Uber para voltar para a sua casa, no bairro de Plataforma,A�no SubA?rbio de Salvador. Ela teria sido violentada poucos minutos apA?s entrar no carro.

A delegada Janice DA?rea Mutti,A�da Delegacia Especializada de RepressA?o a Crimes contra a CrianA�a e o Adolescente (Dercca), falou que aA�jovem relatou, que o motorista, identificado como Agnaldo Alves, mudou o trajeto em direA�A?o A� Avenida Paralela, e, apA?s entrar em uma rua pouco movimentada, a estuprou. Antes disso, ele havia tentado tomar o celular dela para apagar o registro do aplicativo, e por ela ter resistido, ele usou um estilete para cortar os braA�os dela.

Ela foi abandonada na rua apA?s o crime, e, segundo a delegada, ele perguntou se ela tinha gostado. A jovem desmaiou apA?s ser deixada na rua e foi ajudada por populares. Agentes doA�ServiA�o de Atendimento MA?vel de UrgA?ncia (Samu) a levaram para o Instituto de Perinatologia da Bahia (Iperba), em Brotas. Ela jA? teve alta.

Em nota oficial, a Uber se manifestou sobre o caso:

Este tipo de comportamento A� absolutamente intolerA?vel e o motorista jA? foi banido da plataforma. A Uber estA? em contato com a famA�lia da vA�tima para oferecer assistA?ncia e se colocou A� disposiA�A?o para colaborar com autoridades no curso das investigaA�A�es

Segundo a Corregedoria da PolA�cia Militar, a vA�tima do estupro a�?jA? formalizou a denA?ncia na unidadea�? A�e a�?o fato serA? apurado na esfera administrativaa�?.

Comentários
Loading...