A�nibus irA?o circular normalmente nesta segunda, afirma sindicato

0 104

Estado de greve decretado, pelo sindicato dos rodoviA?rios do Estado da Bahia

Desde a A?ltima quinta-feira (11) com estado de greve decretado, o sindicato dos rodoviA?rios do Estado da Bahia afirma que as atividades podem parar a qualquer momento. Entretanto, duas reuniA�es ainda serA?o feitas para tentar uma mediaA�A?o entre a categoria e o empresA?rios das empresas de A?nibus. “AmanhA? teremos reuniA?o na Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob) com o secretA?rio FA?bio Mota e na terA�a teremos outra com o MinistA�rio PA?blico do Trabalho. Nesta segunda (15), os A?nibus irA?o circular normalmente”, afirmou o diretor de ComunicaA�A?o do sindicato, Daniel Mota, em entrevista concedida ao BNews.
Segundo ele, paralisaA�A�es podem ocorrer durante o estado de greve, “mas iremos avisar A� populaA�A?o”. De acordo com o diretor polA�tico do sindicato e gerente nacional da Central Asnica dos Trabalhadores (CUT), Tiago Ferreira, jA? ocorreram diversas rodadas de negociaA�A?o, mas sem A?xito para a pauta dos trabalhadores. “Foi aprovado o estado de greve que significa a autorizaA�A?o para o sindicato colocar o edital para prazo legal sobre a possA�vel greve”, afirmou, informando que este prazo legal A� de, no mA�nimo, 72 horas. “Hoje, A�s 15h, teremos assembleia que deve definir a colocaA�A?o do edital”, ressaltou. Segundo Ferreira, ainda haverA? a tentativa de diA?logo e “deve haver intermediaA�A?o do poder pA?blico, tanto do MinistA�rio PA?blico do Trabalho (MPT), bem como da Delegacia Regional do Trabalho”.
Entre as principais reivindicaA�A�es estA?o a questA?o salarial – com 5% de ganho real; manutenA�A?o dos empregos e auto escola para os trabalhadores. “Queremos fechar um convA?nio com o Detran para garantir que aqueles cobradores que forem demitidos possam tirar a carteira de habilitaA�A?o e garantir emprego como motorista”, frisou Ferreira. Ainda entre as reivindicaA�A�es, estA? a garantia de 100% do plano de saA?de.

A�Questionado sobre a crise que assola o paA�s e que atinge as empresas de A?nibus,A�Ferreira pontuou que hA? a necessidade de conversa e compreende que o desemprego atinge a categoria,. Entretanto, ele critica a falta de sinalizaA�A?o por parte do patronal com relaA�A?o a um dos pontos levantados em pauta.
Empresas
As trA?s empresas que operam o sistema de transporte pA?blico por A?nibus de Salvador alegam ter, desde janeiro deste ano, um dA�ficit mensal de R$ 12 milhA�es. Ao A Tarde, a associaA�A?o que congrega os trA?s consA?rcios (Integra), a tarifa de R$ 3,60 nA?o A� suficiente para remunerar o serviA�o prestado. Ainda conforme matA�ria de A Tarde, esse dA�ficit A� o principal argumento que os empresA?rios do ramo tA?m levado A� prefeitura e ao MinistA�rio PA?blico do Estado (MP-BA) para pedir que o sistema seja revisto e reivindicam redesenho das linhas.

 

Fonte: Bnews

 

Comentários
Loading...