Moro deve aceitar ser ministro do STF caso Bolsonaro seja eleito

Em 2020, Corte terA? cadeira vaga

0 41

Cotado para ocupar uma das cadeiras do Supremo Tribunal Federal (STF) caso Jair Bolsonaro (PSL) seja eleito presidente do Brasil, o juiz Sergio Moro, responsA?vel pela OperaA�A?o Lava Jato no ParanA?, estaria inclinado a aceitar eventual nomeaA�A?o presidencial ao Supremo, por entender que a funA�A?o de ministro de tribunal superior faz parte da trajetA?ria de carreira jurA�dica, de acordo com a revista Valor EconA?mico.

Segundo a revista, apesar de pessoas prA?ximas de Bolsonaro jA? garantirem que Moro A� o principal nome cotado para ocupar vaga no STF em um eventual governo do presidenciA?vel do PSL, por ora nA?o houve sequer sondagem ao magistrado que conduz os processos e inquA�ritos da Lava-Jato desde marA�o de 2014.

A aposentadoria compulsA?ria no STF ocorre aos 75 anos de idade. Em novembro de 2020, o ministro Celso de Mello, atual decano da Corte, completarA? o tempo de aposentadoria. Marco AurA�lio Mello entrarA? na compulsA?ria em julho de 2021. Portanto, se eleito, Bolsonaro poderA? nomear ao menos dois nomes para completar o quadro de 11 ministros que integram o Supremo.

Neste final de semana, Eduardo Bolsonaro provocou reaA�A?o do meio politico e jurA�dico apA?s falar, em palestra, que bastam um soldado e um cabo para fechar o STF.

*VN

Comentários
Loading...