Moema Gramacho refuta a ideia de plebiscito junto com as eleições

O plebiscito deveria ser a resolução das disputas territoriais entre Salvador e Lauro de Freitas

0 87

Para tentar resolver a questão dos limites territoriais entre Salvador e Lauro de Freitas, a Comissão de Divisão Territorial da Assembleia consultou o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) sobre a possibilidade da realização de um plebiscito com a população dos bairros disputados pelas duas cidades.

O TRE disse que a Comissão deveria consultar o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que deu a condição: um plebiscito só pode ser realizado se for simultâneo às eleições de 2018. A prefeita de Lauro de Freitas, Moema Gramacho (PT), refutou a possibilidade da realização nesses moldes:

Aí vai embolar a disputa política estadual com a questão local. Não tem sentido.

Segundo Moema Gramacho, 50 mil habitantes de Lauro de Freitas moram em comunidades envolvidas no conflito, cerca 25% da população do município, que é de aproximadamente 200 mil habitantes.

Comentários
Loading...