ManifestaA�A?o cultural celebra padroeiro de Lauro de Freitas

0 27
Foto: Erik Salles | Ag. A TARDE
Foto: Erik Salles | Ag. A TARDE

HA? mais de meio sA�culo, a freguesia de Santo Amaro de Ipitanga abandonou este nome para se tornarA� Lauro de Freitas. Mas o padroeiro, que dava nome A� cidade atA� 1962, nA?o foi esquecido, tanto que, na manhA? do A?ltimo sA?bado, 9, parte da populaA�A?o, grupos culturais e autoridades participaram do tradicional cortejo culturalA� em homenagem ao santo.

AA� manifestaA�A?o, que tomou as ruas do centro, contou,A� sobretudo, com a presenA�a de servidores pA?blicos do municA�pio. Mas, apesar de vestirA� camisetas amarelas com a imagem do santo, cedidas pela prefeitura, poucos sabiam sobre a histA?ria da cidade, que cresceu a partir da igreja matriz do padroeiro.

Fez parte deste grupo, a agente comunitA?ria de saA?de Selma Souza, 44 anos, que sempre participou dos festejos. “Sei que A� importante essa celebraA�A?o para nA?o esquecermos a nossa histA?ria, mas tambA�m sei que o nome Lauro A� em homenagem a um polA�tico, mesmo assim sei pouco”, reconheceu.

Ponto alto

A grande atraA�A?o do cortejo A� a tradicional lavagem das escadarias da igreja matriz de Santo Amaro de Ipitanga. JA? a parte “profana” da festa ficou por conta das bandas AlavontA? e ParangolA�, que se apresentaram em cima de dois trios elA�tricos.

Este A?ltimo puxou o tradicionalA� bloco Vassourinha, formado por profissionais da Secretaria de ServiA�os PA?blicos, que fazem a limpeza do circuito ao final da festa.

Fonte: A Tarde

Comentários
Loading...