Mais um caso de casa com piscina abandonada que vira criadouro de Aedes aegypti em Lauro de Freitas

MP prevA? que agentes pA?blicos de saA?de tenham ingresso forA�ado em imA?veis para combater o mosquito

0 332

Imagem enviada ao site BURBURINHO NEWS denunciam um possA�vel criadouro do mosquito Aedes aegypti, transmissor de doenA�as como dengue, zika, chikungunya e febre amarela, numa casa com piscina que estaria abandonada na Avenida Luiz TarquA�nio Pontes, em frente ao ColA�gio Impacto.

De acordo com as denA?ncias, a residA?ncia estaria abandonada hA? muito tempo e, com as chuvas, a piscina teria enchido e se transformado num criadouro de mosquitos. Os denunciantes afirmam, inclusive, que muitos moradores da vizinhanA�a jA? teriam contraA�do doenA�as como dengue e, mais recentemente, chikungunya.

Foto: Leitor Burburinho News

Pela Medida ProvisA?ria n.A? 712/2016, editada pela presidente Dilma Rousseff (PT) a�� e publicada no DiA?rio Oficial da UniA?o desde a segunda-feira 1A? a��, para combater o mosquito Aedes aegypti, os agentes pA?blicos de saA?de de A?mbito federal, estadual e municipal tA?m agora a possibilidade de ingresso forA�ado em imA?veis pA?blicos e privados considerados abandonados ou em situaA�A?o de ausA?ncia do responsA?vel.

Para efeitos de fiscalizaA�A?o, o imA?vel serA? considerado abandonado quando for constatada a�?flagrante ausA?ncia prolongada de utilizaA�A?o, o que pode ser verificado por suas caracterA�sticas fA�sicas, por sinais de inexistA?ncia de conservaA�A?o, pelo relato de moradores da A?rea [o que melhor se aplica neste caso] ou por outros indA�cios que evidenciem a sua nA?o utilizaA�A?oa�?.

Se necessA?rio, o agente pA?blico de saA?de poderA? requerer ainda o auxA�lio das autoridades policiais para o ingresso forA�ado.

Comentários
Loading...