Portal de Notícias de Lauro de Freitas e Região Metropolitana de Salvador Burburinho News

Leitor denuncia poluição sonora provocada por realização de cultos em escola na Itinga

0 10
Governo do Estado
Foto: Lauro News
Foto: Lauro News

O leitor Paulo Sampaio, residente no bairro de Itinga denunciou ao portal Lauro News Online o abuso sofrido por ele com a poluição sonora causada por barulho de som auto promovido pela realização de cultos evangélicos.

De acordo com Paulo, os eventos seriam realizados nas instalações de uma Escola Pública do Município sem respeitar a lei do silêncio permissível até às 22h, no último domingo (18), o barulho foi comunicado pelo leitor às 2h da manhã.

“As 02:48 hs da madrugada do dia 18 /09/2016, está impossível dormir porque o som que vem da Escola 2 de Julho ao lado de uma delegacia e próxima a uma Upa, é inacreditável de tão alta. Ninguém toma providências em relação ao assunto. As igrejas utilizam o espaço para realizarem vigílias e não se importam em incomodar a vizinhança com o barulho absurdo. Peço por gentileza que nos ajudem, tornem essa denúncia pública, creio que assim as autoridades podem dar fim nesta falta de respeito”, disse o leitor.

Lei do silêncio

De acordo com o artigo 42 da Lei Federal das Contravenções Penais (Lei nº 3.688, de 3 de outubro de 1941), qualquer cidadão brasileiro está sujeito a multa, ou reclusão de quinze dias a três meses, ao perturbar o sossego alheio com gritaria e algazarra, por exercer profissão incômoda ou ruidosa, abusar de instrumentos sonoros e provocar o barulho animal.

A denúncia de barulho excessivo pode ser feita em qualquer delegacia de polícia.

Fonte: Lauro News

Comentários
Loading...