Lauro de Freitas: Construção do Contorno afeta comunidades do local

0 17
Reunião procura amenizar os transtornos causados pela nova avenida
Reunião procura amenizar os transtornos causados pela nova avenida

Na noite da última quinta-feira (10), a Casa Civil do Governo, representada pelo secretário estadual Bruno Dauster, se reuniu com representantes da Defensoria Pública, vereadores e lideranças de Lauro de Freitas, órgãos estaduais e a empresa envolvida na construção do Contorno Viário da cidade. O objetivo foi estreitar o diálogo sobre o processo de desapropriação da área do entorno da nova via, onde habitam comunidades quilombolas.

Bruno Dauster reforçou a importância do diálogo para as negociações e destacou que um estudo arqueológico e antropológico será capitaneado pelo governo estadual para que o interesse da população seja preservado. “Estamos discutindo e levantando todas as diferentes visões sobre o empreendimento. Este encontro é um grande passo para que achemos um denominador comum e a via possa ser viabilizada, respeitando as prioridades da empresa, do Estado e da comunidade”.
Participaram da reunião os Defensores Públicos, Gilmar Bitencourt e Pedro Paulo Bahia, o coordenador de Infraestrutura e Logística da Casa Civil, Eracy Lafuente, representantes da concessionária Bahia Norte, responsável pela execução da obra, do Conselho Municipal dos Direitos das Mulheres de Lauro de Freitas, do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), do Instituto Habilis, das secretarias estaduais de Promoção da Igualdade Racial (Sepromi), de Desenvolvimento Urbano e de Desenvolvimento Rural, além da vereadora Naide Brito (PT – Lauro de Freitas).
Contorno de Lauro de Freitas – A nova via expressa ligará a BA­526 (rodovia CIA­Aeroporto) à BA­099 (Linha Verde), com extensão de 11,2 km. O investimento previsto é da ordem de R$220, 8 milhões e o empreendimento beneficiará cerca de dois milhões de habitantes.
Fonte: Bahia Já
Comentários
Loading...