Jovem morre após ser imobilizado por segurança de grande supermercado; Testemunhas flagram momento

Pedro Gonzaga chegou a ser ressuscitado, mas sofreu duas parradas cardiorrespiratória

0 121

Um jovem de 19 anos morreu na última quinta-feira (14) após ser imobilizado com uma ‘gravata’ por um segurança do supermercado Extra, da Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro. Pedro Gonzaga, jovem identificado pelo Corpo de Bombeiro, chegou a ser levado com uma parada cardiorrespiratória para a Coordenação de Emergência Regional (CER), mas não resistiu.

A ação do segurança da rede de supermercados foi registrada por testemunhas que estavam presentes no local e divulgadas através das redes sociais. No vídeo, a vítima está aparentemente desacordada e a população alerta o responsável pela intervenção: “está sufocando ele”.

De acordo com informações do Corpo de Bombeiros, o grupo foi acionado para socorrer a vítima por volta das 12h47. Pedro deu entrada no posto de saúde por volta das 14 horas, mas, após ser ressuscitado, sofreu duas paradas cardiorrespiratória e morreu.

Em comunicado oficial, o advogado do Group Protection, empresa responsável pela vigilância do mercado, o jovem tentou furtar a arma do segurança e que, após ser imobilizado, ele tentou simular um desmaio.

Em nota, a rede Extra comentou a tragédia. Confira trechos logo abaixo:

“A rede esclarece que repudia veemente qualquer ato de violência em suas lojas. Sobre o fato em questão, a empresa já abriu uma investigação interna e constatou de forma inicial que se tratou de uma reação a tentativa de furto a arma de um dos seguranças da unidade da Barra da Tijuca”, diz um trecho do comunicado.

“Após o indivíduo ser contido pelos seguranças, a loja acionou a polícia e o socorro imediatamente. A empresa já abriu um boletim de ocorrência e está contribuindo com as autoridades para o aprofundamento das investigações”, finalizou a empresa.

Comentários
Loading...