Jornalista e escritor Carlos Heitor Cony morre aos 91 anos

Autor estava internado desde dezembro e morreu por conta de falência múltipla de órgãos

0 36

Nesta sexta-feira (5), morreu o jornalista e escritor Carlos Heitor Cony, aos 91 anos. Ele estava internado desde o dia 26 de dezembro, no Rio de Janeiro, e faleceu por conta de falência múltipla dos órgãos.

Carlos Heitor Cony iniciou sua carreira de jornalista na década de 1950, atuando nos principais e jornais e revistas do Brasil. Considerado como um dos maiores escritores brasileiros, Cony era membro da Academia Brasileira de Letras (ABL) desde 2000.

Foi autor de romances premiados como “O ventre” (1958), “Pilatos” (1973), “Quase memória” (1995) e “O piano e a orquestra” (1996). Ele ganhou o prêmio Jabuti pelos dois últimos.

Ele também escreveu coletâneas de crônicas, volumes de contos e novelas para a TV, além de ter sido comentarista de rádio até o fim da vida, na CBN.

Comentários
Loading...