Ivete Sangalo relembra início da carreira: ganhava R$ 150 por show na banda Eva

0 168

A cantora Ivete Sangalo revelou em entrevista ao apresentador Serginho Groisman, que cantar nunca foi um sonho. Para ela, o fato de ter nascido em uma família musical fez com que quisesse ser outras coisas, como dentista e atleta.

“Eu tinha uma relação com a música de gostar, daquilo ser uma coisa vital para a nossa família. Pensava em ser dentista, atleta, mas não pensava em ser cantora, porque eu já era, o que viesse já era um lucro. E aí comecei a cantar em bar pela delícia de cantar e tocar, para me exibir. Sou muito exibida, então a possibilidade de me exibir era um desejo grande, mas não associado a ter uma carreira”, disse a baiana que foi convidada para o segundo episódio do quadro Linha do Tempo, do programa Altas Horas.

Na oportunidade, Ivete também relembrou os seis anos em que ficou à frente da Banda Eva. O sucesso da banda coincidiu com os problemas de saúde da mãe, que precisou de cuidados médicos ao sofrer um AVC (acidente vascular cerebral).

Quando comecei a trabalhar, a olhar a música como possível profissão, o ponto de partida foi a necessidade de trabalhar para ajudar a minha mãe. Na época, ganhava R$ 150 por show. Foi um ‘ranca couro’, mas valiosíssimo para mim. Ali encontrei meus primeiros fãs.Foi ali que descobri o que era uma relação do artista com fã, em que a pessoa sabia o que eu tinha gravado, que tinha visto eu fazer show não sei onde. Isso é precioso demais.

*Bnews

Comentários
Loading...