Gilmar Mendes manda repA?rter enfiar pergunta E?na bundaE?

Mendes negou que o STF tenha pago pelos bilhetes e nA?o informou quem os custeou

0 243

Um pergunta feita pelo jornal Folha de S. Paulo sobre os custos com passagem aA�rea de viagem sua a Lisboa foi chamada de “molecagem” pelo ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal. A publicaA�A?o questionou se o magistrado voltaria para o julgamento do habeas corpus de Lula em 4 de abril e se o voo para Portugal tinha sido pago pelo STF.

A presenA�a dele tornou-se incerta em razA?o de um seminA?rio que serA? organizado em Lisboa pelo instituto do qual ele A� sA?cio, o IDP (Instituto Brasiliense de Direito PA?blico). a�?Devolva essa pergunta a seu editor, manda ele enfiar isso na bunda. Isso A� molecagem, esse tipo de pergunta A� desrespeito, A� desrespeitoa�?, disse o ministro, por telefone.

Mendes negou que o STF tenha pago pelos bilhetes e nA?o informou quem os custeou. a�?VocA?s vivem de patrocA�nio, se vocA?s quiserem, montem a Folha, faA�am um dia a Folha rodar sem patrocA�nio, eu estive lA? esses dias, patrocA�nio Souza Cruz escondido. Quem pagou meu hotel, quem pagou minha passagem foi a Souza Cruza�?, disse.

Ele se referiu ao 2A? Encontro Folha de Jornalismo realizado em fevereiro, em SA?o Paulo, em que foi um dos convidados. O evento teve patrocA�nio da fabricante de cigarros Souza Cruz, como constava no material de divulgaA�A?o e em um amplo painel atrA?s dos convidados.

Comentários
Loading...