General se diz ‘envergonhado’ com decisão do STF em favor de Lula

Mourão chamou de “covardia moral” a atitude dos ministros do Supremo que só retomarão a pauta após o recesso de Páscoa

0 153

O general da reserva do Exército brasileiro, Antonio Hamilton Martins Mourão, utilizou as redes sociais para criticar a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de garantir salvo-conduto ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva até o dia 4 de abril.

A Corte só vai analisar o mérito do habeas corpus solicitado pela defesa do petista após o recesso de Páscoa.

De acordo com o Estadão, o militar era cotado para ser o vice do deputado federal Jair Bolsonaro (PSL) na corrida pelo Palácio do Planalto, mas desistiu após se aposentar no mês passado.

Sobre a sessão da última quinta-feira (22) no STF, Mourão afirmou que se sentiu “envergonhado” pelo o que chamou de “covardia moral” dos ministros do Supremo.

Comentários
Loading...