Ex-namorado de dançarina queria morrer abraçado à vítima: ‘Fiquei com ela morta 2 dias’

0 17
Foto: Reprodução/Facebook
Foto: Reprodução/Facebook

Suspeito de matar a dançarina Ana Carolina Vieira, de 30 anos, Anderson Rodrigues Leitão, 27, afirmou ter tomado veneno para se matar após estrangular a ex-namorada.

De acordo com o G1, o homem confessou nesta quarta-feira (4) que estrangulou a vítima depois de um ataque de ciúme e decidiu ingerir uma substância utilizada para matar ratos. “Ela foi pra cozinha e disse pra eu não mexer no celular dela.

Eu mexi e vi umas fotos, umas mensagens de WhatsApp e não gostei. Fiquei com ciúme. […] Estrangulei com minhas próprias mãos. Comprei chumbinho, veneno de rato, porque eu queria morrer abraçado com ela. Fiquei com ela morta dois dias”, contou.

Mesmo confessando o crime, Anderson defende que a morte foi um acidente. “Ela disse que eu era muito invasivo e começamos a discutir. Ela em arranhou e, como sou mais forte, inverti a situação. A gente estava na cama. Ela morreu estrangulada. Tentei reanimar, mas não tinha mais jeito”, explicou.

O rapaz teria esperado por dois dias para o veneno “fazer efeito”, mas os vizinhos começaram a sentir um cheiro forte vindo da casa. Os zeladores foram até o apartamento e, ao encontrar a porta destrancada, acabaram encontrando o corpo.

Um dos funcionários contou que as janelas estavam fechadas, o ventilador ligado e havia vários incensos espalhados pela casa. Ana Carolina já fez parte da banda Aviões do Forró e  também participou do concurso “Bailarinas do Faustão” no mês de junho.

Fonte: Bahia Notícias

Comentários
Loading...