Estado deve R$ 2,5 milhões à prefeitura por Carnaval de 2014, diz ACM Neto

0 16
Foto: Betto Jr. / Ag. Haack / Bahia Notícias
Foto: Betto Jr. / Ag. Haack / Bahia Notícias

O governo do Estado não participará da organização do Carnaval de 2016 por dever cerca de R$ 2,5 milhões à prefeitura de Salvador, referentes à cota da edição de 2014 do festejo. A informação foi dada pelo prefeito ACM Neto (DEM) nesta terça-feira (24), durante a divulgação das novidades da folia momesca do próximo ano.

“Na verdade, [o governo] não nos pagou ainda a cota do Carnaval de 2014. E por não ter nos pago, por nos dever ainda cerca de R$ 2,5 milhões, não há a menor possibilidade. A prefeitura entende que o dever de casa de um patrocinador é cumprir contrato, é pagar o que deve. E ele não pagou o que deve. Por isso, mais uma vez, assim como no ano passado, ele não participará como patrocinador”, explicou Neto em coletiva.

O prefeito afirmou, contudo, que a gestão de Rui Costa (PT) poderá fazer parte da organização em 2017, caso quite os débitos. “Se o governo do Estado quiser nos pagar o que deve, será muito bem vindo. Nós estamos abertos para conversar e discutir qualquer parceria para o Carnaval de 2017. Esse é o nosso desejo. É ter o governo do Estado ao nosso lado. Mas partindo do pressuposto de que, pra gente sentar pra conversar, eles precisam nos pagar o que deve”, alfinetou.

Os patrocinadores deste ano serão Brasil Kirin (Schin), Air Europa e Itaú-Unibanco.

Fonte: Bahia Notícias

Comentários
Loading...