Em protesto por segurança, trabalhadores paralisam obras do metrô em Lauro de Freitas e bloqueiam Av. Paralela, em Salvador

Grupo pretende fazer assembleia no CAB, nesta quarta-feira (21).

0 156

Trabalhadores da obra do metrô fazem uma manifestação na manhã desta quarta-feira (21). O grupo caminha na Avenida Paralela e deixa o trânsito congestionado, conforme a Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador).

O grupo, que partiu do canteiro de obras do sistema de transporte em Lauro de Freitas, na região metropolitana, pretende caminhar até o Centro Administrativo da Bahia (CAB), na capital, onde farão assembleia.

De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores da Construção Pesada e Montagem Industrial (Sintepav), o protesto é para reivindicar o cumprimento de itens de segurança e saúde no trabalho, além da falta de pagamento dos terceirizados.

Os manifestantes bloqueiam a pista no sentido centro e caminham na frente dos carros. Eles carregam faixas e cartazes. De acordo com o Sintepav, a assembleia servirá para definir os rumos da obra.

Além disso, o sindicato informou também que, enquanto a manifestação durar, as atividades estão paralisadas na obra de Lauro de Freitas.

O G1 entrou em contato com a CCR Metrô Bahia, empresa responsável pela administração do sistema, que ficou de se posicionar sobre o caso.

*G1

Comentários
Loading...