Em novembro, Bahia perde 1.146 postos de trabalho

No acumulado de 2017, estado gerou 12.887 postos de trabalho

0 38

No mA?s de novembro de 2017, a Bahia teve 1.146 postos de trabalho fechados. Quem divulgou a informaA�A?o foi o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), sistematizadas pela SuperintendA?ncia de Estudos EconA?micos e Sociais da Bahia (SEI).

O registro foi negativo no estado, porA�m os nA?meros foram melhores que os dos dois anos anterioresA�(-6.004 em 2016 e -7.547 em 2015), com reduA�A?o da intensidade da perda. PorA�m, o mA?s registrou mais demissA�es que outubro, que teve a reduA�A?o de 36 postos.

Na Bahia, cinco segmentos tiveram saldo negativo: AgropecuA?ria (-1.734 postos), IndA?stria de TransformaA�A?o (-1.157 postos), AdministraA�A?o PA?blica (-1.071 postos), ConstruA�A?o Civil (-867 postos), e ServiA�os Industriais de Utilidade PA?blica (-185 postos).

Por outro lado, contaram com aumento: ComA�rcio (+2.989 postos), ServiA�os (+878 postos) e Extrativa Mineral (+1 posto).

Em novembro de 2017, a Bahia ficou na A?ltima posiA�A?o entre os estados do Nordeste e na 22A? no Brasil. Outros trA?s estados do Nordeste tiveram queda no nA?mero de postos de trabalho:A�PiauA� (-544 postos), MaranhA?o (-303 postos) e Rio Grande do Norte (-137 postos).

Na regiA?o, registram saldo positivo: CearA? (+2.861 postos), Alagoas (+1.468 postos), ParaA�ba (+1.256 postos), Pernambuco (+259 postos) e Sergipe (+44 postos).

No total onze meses de 2017, a BahiaA�gerou 12.887 novos postos de trabalho. Com isso, o estado A� o primeiro colocado no Nordeste e o oitavo no Brasil em relaA�A?o a geraA�A?o de empregos.

Comentários
Loading...