Em busca do bi, França derrota a Bélgica e volta à final após 20 anos

Les Bleus marcaram com Umtiti no início do segundo tempo e barraram melhor ataque do torneio

0 88

A França venceu a Bélgica, por 1 a 0, em partida muito disputada, na tarde de hoje (10), em São Petersburgo, e está classificada para a final da Copa do Mundo da Rússia. Será a terceira decisão do time Les Bleus, que foi campeão em casa em 1998 e vice em 2006, quando perdeu a final para a Itália nos pênaltis, na Alemanha.

Sem a rede balançar, o primeiro tempo foi marcado pelo domínio dos diabos vermelhos, principalmente com jogadas de Hazar e De Bruyne, que trocaram de posição em várias oportunidades para confundir a marcação dos azuis.

Já os campeões de 1998 tentavam surpreender nos contra-ataques, sobretudo com a velocidade de Mbappé, que aproveitava erros de Dembelé, uma das novidades do técnico Roberto Martínez para o confronto, no meio de campo. Com a dinâmica, os goleiros Lloris e Courtois fizeram, cada um, pelo menos duas boas intervenções.

Na segunda etapa, os franceses abriram o marcador logo aos cinco minutos com o zagueiro Umtiti, que, após cobrança de escanteio de Griezmann pelo lado direito do ataque, se antecipou à marcação de Fellaini e mandou para o fundo do gol.

Aos 19, Dembelé foi trocado pelo avançado Mertens, que deu maior poder ofensivo aos belgas, que insistiam em alçar bola na área. No entanto, se antes o volante cedia as investidas do adversário, mais recuado, o astro do time passou a errar passes e “armar” o contragolpe do oponente.

Apesar da pressão da seleção rubra, dona do melhor ataque do torneio, com 14 tentos, o time não conseguiu furar a muralha oponente e o placar ficou em 1 a 0.
A França aguarda agora o vencedor do confronto entre Inglaterra e Croácia, amanhã (11), às 3 da tarde, no estádio Lujniki, em Moscou, para saber quem será o adversário na tentativa de levantar o segundo caneco mundial, no próximo domingo (15), ao meio-dia, na mesma arena da capital russa.

Já a Bélgica vai encarar o perdedor, no próximo sábado (14), às 11h, em São Petersburgo, na disputa pelo 3º lugar.

Metro1

Comentários
Loading...