Coronel diz que PM torturado e morto confiava no Nordeste de Amaralina por ser a�?nascido e criadoa�? no bairro

Na oportunidade, o coronel confirmou que as operaA�A�es em busca dos autores do crime continuam em curso pela polA�cia militar.

0 2.162

O Coronel da PolA�cia MilitarA�Paulo de Tarso Alonso UzA?da fez questA?o de realizar pronunciamento para populaA�A?o, na manhA? desta segunda-feira, apA?s o assassinato cruel do Cabo Gonzaga. O policial militar Gustavo Gonzaga da Silva, 44 anos, foi morto brutalmente por traficantes no bairro da Santa Cruz, em Salvador, neste final de semana.

O comandante destacou o momento triste que a tropa vive, destacando que o Cabo Gonzaga tinha admiraA�A?o dos policiais. a�?Realmente A� uma tristeza muito grande que se abate sobre a tropa inteira, ontem podemos ver como o cabo Gonzaga era querido, uma pessoa que conheci. Major Normando de deslocou de Seabra para cA? (Salvador) para prestar homenagem, para vocA? ver o quanto ele era queridoa�?, disse em entrevista a rA?dio MetrA?pole.

Na oportunidade, o coronel confirmou que as operaA�A�es em busca dos autores do crime continuam em curso pela PolA�cia Militar. a�?AA�investigaA�A?o estA? caminhando. Estamos trabalhando, nA?o podemos agir com coraA�A?o, mas temos que agir com a ConstituiA�A?o e a lei embaixo de nosso braA�os. A polA�cia A� A?ltima linha de defesa entre a legalidade e a barbA?rie, mas a sociedade baiana clama pela respostaa�?.

Coronel UzA?da descartou a informaA�A?o de que o policial teria seus A?rgA?os retirados do corpo, classificando como a�?fakenewsa�? (notA�cia falsa). Bem como, disse que nA?o sabe informar sobre a veracidade da informaA�A?o que existe uma filmagem da aA�A?o dos criminosos.

a�?O crime em si foi de uma crueldade imensa, ele confiava muito em ter nascido e criado no Nordeste, os elementos chegaram e passaram a agredi-lo e culminou na morte cruel dele com muitos disparos e alguns cortes feitos a facA?o pelo corpo delea�?, concluiu coronel UzA?da.

Comentários
Loading...