Portal de Notícias de Lauro de Freitas e Região Metropolitana de Salvador Burburinho News

Secretaria Municipal de Comunicação

Conjecturas – por Jr. Oliveira

0 18

 

CarluchoO vereador Carlucho (PSB) mal sentiu o gostinho de ser aliado do Prefeito Márcio Paiva (PP), e já pensa na possibilidade de abandonar a gestão e cogita uma possível candidatura a prefeito.

O possível rompimento com o executivo vem sendo pensado após o líder do PSB não se sentir confortável com o tratamento que vêm recebendo do prefeito Márcio.

Carlucho, que antes fazia parte da bancada de oposição liderada pela Deputada Federal Moema Gramacho (PT), abandonou o grupo para compor o governo Márcio, levando como brinde a Secretária de Cultura do município, onde lá estão acomodados seus correligionarios socialistas, mas ao que parece não está satisfeito com o tamanho do espaço cedido pelo gestor.

Por esse e outros motivos, o socialista cogita deixar o governo e a partir daí, seguir seu caminho a moda “Caetano”: caminhando contra o vento, sem lenço e sem documento.

A atitude do vereador não causa estranhesa, pois já não é a primeira vez que ele apresenta esse comportamento super estratégico.

Em 2012, durante o processo de construção da candidatura de João Oliveira (PT), a prefeito de Lauro de Freitas, Carlucho também deu o seu ataque de calundu, ameaçando deixar a base, caso não tivesse seus pleitos atendidos, pela na época prefeita Moema. O que bastou apenas a comandante botar um doce na boca do socialista, quantidade de glicose suficiente para acalmar seu extinto nervoso, e fazê-lo apoiar o candidato do governo.

Levando o “Calundu”para o lado político, na época de meus país, menino com esse tipo de comportamento levava umas belas de umas palmadas e o problema estava resolvido. Conhecendo um pouco o lado paternal do prefeito, acho que para resolver esse assunto, e evitar ainda mais problemas em seu processo de “TENTAVIVA” a reeleição, ele terá mesmo que seguir o exemplo de Moema, e colocar o bom e velho doce na boca da criança socialista. Pois já dizia o ditado: “quem a boca do meu filho beija, a minha adoça”.

Já que Carlucho, que está visivelmente cansado e pretende seguir o costume de velhos políticos, como ACM, Leão, Alan Sanches e tantos outros, tentar passar a cadeira do parlamento para seu filho que é pré-candidato a vereador.

Por Jr. Oliveira

Comentários
Loading...