Battisti chega à Itália e é levado para presídio em Roma

O ministro do Interior italiano, Matteo Salvini, foi ao aeroporto para receber Battisti, a quem chama de “assassino comunista” Redação

0 26

Preso no último sábado (12) na Bolívia, o italiano Cesare Battisti chegou à Itália por volta das 8h40 (horário de Brasília) desta segunda-feira (14) e será levado para um presídio na periferia de Roma, segundo o G1.

O ministro do Interior da Itália, Matteo Salvini, foi ao aeroporto para receber Battisti, a quem chama de “assassino comunista”.

Battisti foi condenado à prisão perpétua por quatro assassinatos nos anos 1970, quando era integrante do grupo Proletários Armados pelo Comunismo.

Battisti nega ser autor das mortes e se diz vítima de perseguição política. Ele escapou de seu país na década de 1980. Viveu na França, no Brasil e recentemente se escondeu na Bolívia.

Em 2009, o italiano chegou a conseguir refúgio no Brasil, durante o governo Lula. Em dezembro do ano passado, porém, o ex-presidente Michel Temer autorizou sua extradição.

Inicialmente, Battisti retornaria ao Brasil em um avião da Polícia Federal para ser extraditado, em seguida, para a Itália. Entretanto, o plano foi modificado e ele seguiu direto para o seu país.

Comentários
Loading...