Auditoria aponta fraude em cerca de 350 mil cadastros do Bolsa Família

Segundo a CGU, o governo pagou R$ 1,4 bilhão indevidamente a pessoas que não tinham direito ao benefício

0 43

Nesta quarta-feira (4), a Controladoria-geral da União (CGU) declarou que uma auditoria apontou fraude em cerca de 350 mil cadastros do programa Bolsa Família, programa criado em 2003 para atender famílias em condições de extrema pobreza.

O site G1 publicou informações da CGU que dizem que o governo pagou R$ 1,4 bilhão indevidamente a pessoas que não tinham direito ao benefício. O órgão declarou que vai localizar as pessoas que receberam este dinheiro indevidamente.

 

Comentários
Loading...