Assessor da Prodeb encontrado morto tentou ajudar suspeito do crime

Segundo as investigações, o suspeito do crime alegou ter sofrido um golpe, ao negociar compra de carro com Michel Sá Redação

0 71

Encontrado morto atrás de um shopping na Avenida Paralela, o funcionário da Prodeb (Companhia de Processamento de Dados do Estado) Michel Sá tentou ajudar um dos suspeitos do crime, que disse ter sofrido um golpe, de acordo com o G1.

Segundo as investigações, Michel teria colocado um carro à venda e foi ao estabelecimento encontrar o suposto comprador.

Ao entregar o documento do veículo, Michel telefonou para seu irmão para verificar a autenticidade de uma suposta transferência feita pelo suspeito.

Após ser informado de que a quantia não havia entrado na conta, ele avisou ao suposto comprador, que cogitou ter sofrido um golpe.

Para tentar ajudá-lo, Michel entrou em contato com um advogado da família, que orientou o suposto comprador.

Essa teria sido a última ligação feita por ele, pouco antes das 17h da última quinta-feira (16). Depois disso, Michel desapareceu.

Às 19h do mesmo dia, quatro horas depois do encontro com o suposto comprador, um outro homem utilizou o cartão da vítima para comprar dois celulares no mesmo shopping.

Familiares de Michel relataram que uma terceira pessoa também usou o cartão para fazer compras no mercado na sexta-feira (17).

A polícia está a procura dos três suspeitos do crime, investigado pela Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos (DRFRV).

O sepultamento do corpo de Michel ocorreu no final da manhã deste sábado (18), no cemitério Jardim da Saudade. Ele deixa viúva e um filho de 9 meses.

*Bahia.ba

 

Comentários
Loading...