ApA?s condicionante de chineses, licitaA�A?o da ponte fica para pA?s-eleiA�A?o

Vice-governador JoA?o LeA?o (PP) sugeriu, na noite desta segunda-feira (19), que o adiamento A� para evitar possA�veis problemas judiciais

0 225

Depois de os chineses condicionarem a participaA�A?o no pregA?o ao resultado das eleiA�A�es na Bahia, o governo da Bahia decidiu adiar o lanA�amento da licitaA�A?o para apA?s o pleito. A informaA�A?o foi confirmada pelo prA?prio vice-governador, JoA?o LeA?o (PP), na noite desta segunda-feira (19).

Em entrevista A� rA?dio Itapoan, o progressista nA?o atribuiu, no entanto, o adiamento A�s condicionantes dos chineses, mas para evitar possA�veis problemas judiciais.

a�?Eu conversei com Rui [Costa] e estamos adiando a licitaA�A?o para posterior eleiA�A?o. Por quA?? Porque nA?s nA?o queremos que o MinistA�rio PA?blico, que a A, B ,Ca�� [questionem]a�?, afirmou.

Em fevereiro deste ano, o A Tarde informou que as empresas chinesas, que participarA?o da licitaA�A?o para construA�A?o da ponte Salvador-Itaparica, condicionaram a participaA�A?o no pregA?o ao resultado das eleiA�A�es no estado, que ocorrem somente em outubro.

De acordo com a publicaA�A?o, os chineses querem ter seguranA�a de que estarA?o investindo bilhA�es em um projeto que serA? negociado e efetivado com o governo dos prA?ximos quatro anos, conforme se prevA? o tempo hA?bil para a construA�A?o da ponte.

ProvA?vel adversA?rio de Rui Costa na eleiA�A?o deste ano, o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), nA?o quis garantir, caso fosse eleito, que manteria o projeto, quando indagado no carnaval.

Bahia.ba

 

Comentários
Loading...