Bahia registra o maior nA?mero de assassinatos em 2014 no PaA�s, mostra estudo

0 18
Em Lauro de Freitas, a taxa A� de 89,5 assassinatos a cada 100 mil habitantes
Em Lauro de Freitas, a taxa A� de 89,5 assassinatos a cada 100 mil habitantes

Dados do DiagnA?stico dos HomicA�dios no Brasil coletados pelo Sistema Nacional de InformaA�A�es de SeguranA�a PA?blica divulgados nesta quinta-feira (15) pelo MinistA�rio da JustiA�a revelam que as maiores ocorrA?ncias de homicA�dio doloso no Brasil, em nA?meros absolutos, ocorrem nos estados da Bahia, Rio de Janeiro e SA?o Paulo. O CearA? A� o estado com o maior A�ndice de homicA�dios a cada 100 mil habitantes: 46,9%.

Segundo a secretA?ria Nacional de SeguranA�a PA?blica, Regina Miki, o crime organizado, o trA?fico de drogas e a ineficiA?ncia da PolA�cia sA?o as principais causas das mortes.

Na Bahia, em 2014, houve 5.450 homicA�dios, o equivalente a 11,6% do total registrado no Brasil. No Rio de Janeiro foram registrados 4.610 assassinatos e em SA?o Paulo 4.294.

De acordo com o levantamento, as cidades com os maiores A�ndices nestes estados sA?o Lauro de Freitas (BA), SimA�es Filho (BA) e Cabo Frio (RJ), com taxas acima de 60% de homicA�dios a cada 100 mil habitantes. No caso da cidade de Lauro de Freitas, a taxa A� de 89,5 assassinatos a cada 100 mil habitantes.

No CearA? os registros mais graves sA?o em Caucaia, Fortaleza, Juazeiro do Norte, MaracanaA? e Sobral com A�ndices entre 50% e 72% de homicA�dios a cada 100 mil habitantes.

De acordo com a secretA?ria Regina Miki, as causas indicam que A� preciso investir na ressocializaA�A?o dos encarcerados e reeducandos, no preparo dos agentes de seguranA�a e em aA�A�es mais simples como a ampliaA�A?o da iluminaA�A?o pA?blica em cidades que apresentam altos A�ndices de violA?ncia.
Os estados onde hA? menos presenA�a do Estado na SeguranA�a PA?blica sA?o o Acre, Amazonas, ParA?, AmapA?, MaranhA?o, Bahia e ParanA?. A relaA�A?o entre gangues criminosas e o uso de drogas A� mais danosa em estados do Sudeste, alA�m do ParanA?, Mato Grosso e Pernambuco.

A pesquisa tambA�m apontou dados relativos aos gastos com o consumo de A?lcool nas famA�lias nos estados mais violentos. O consumo A� considerado como potencializador da violA?ncia com reflexos na taxa de homicA�dios. Em SA?o Paulo, 15,47% da renda familiar A� destinada ao consumo de bebidas alcoolicas, no Rio a porcentagem A� de 15,10% e na Bahia de 14,9%. O Distrito Federal A� a unidade da federaA�A?o onde o gasto com a aquisiA�A?o de bebidas alcoolicas A� acima de 20% da renda familiar. A taxa de homicA�dio no DF A� de 23,9% a cada 100 mil habitantes. Em 2014 houve 682 homicA�dios registrados.

O DiagnA?stico dos HomicA�dios no Brasil tambA�m mostrou elevado A�ndice de assassinatos em cidades das regiA�es metropolitanas e de mA�dio porte como Santa Rita (PB), Cabo de Santo Agostinho (PE), CamaA�ari (BA), VA?rzea Grande (MT) e LuziA?nia (GO) com taxas de homicA�dio que variam entre 60% e 85% a cada 100 mil habitantes.

Fonte: R7

Comentários
Loading...